Notícias

 Home / Notícias

Projeção positiva

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) está divulgando a nova edição da sua pesquisa Índice, elaborada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com informações sobre o faturamento do setor.
De acordo com o estudo, em novembro, a indústria de material de construção teve faturamento 10,2% maior do que o registrado no mesmo período em 2019. O resultado representa variação negativa de 0,2% em relação ao mês anterior e, no acumulado dos últimos 12 meses, o setor registra retração de 1,7% no faturamento deflacionado. A nova edição do índice também aponta dados consolidados de outubro. No período, a indústria do segmento teve faturamento 10,4% maior que o observado em outubro do ano passado. O resultado revisado aponta crescimento de 11% do setor de material básico e 9,5% do material de acabamento em relação ao mesmo período de 2019. "Os resultados estimados para novembro apontam para quase estabilidade em relação a outubro, mas carregam efeitos positivos da recuperação gradual da economia. Vivemos um momento de muita incerteza, no qual notícias negativas como uma segunda onda de contaminações na pandemia contrasta com o início da vacinação na Europa e com a expectativa no Brasil, que deve ocorrer em 2021”, observa Rodrigo Navarro, presidente da Abramat.
Segundo ele, o momento é de avaliar, cuidadosamente, a evolução do cenário doméstico e internacional, considerando suas respectivas externalidades. A associação mantém a projeção para 2020 que aponta queda de 2,8% no faturamento do setor em relação a 2019.

Fonte: Revista Anamaco



  • Saiba mais como ser um associado a Rede GMinas.

Entre em Contato